Páginas

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Cores escuras na decoração é aposta do arquiteto Marcelo Lopes

























 Profissional utilizou paleta de tons escuros e revestimento em madeira para criar um ambiente sofisticado e moderno



 O uso de cores escuras para a decoração causam um certo receio, ainda mais quando se trata de espaços pequenos. Os tons escuros tendem a deixar os ambientes mais fechados e com a sensação de que são menores, entretanto, se bem harmonizados, podem trazer sofisticação, personalidade e modernidade.
O arquiteto Marcelo Lopes, considerado um dos TOP 100 do País, utilizou uma paleta de tons escuros para a decoração do espaço que assinou na Mostra Artefacto 2015, denomidado Living e composto por dois ambientes, o officee o living, nos quais as cores predominantes são o marrom e o cinza escuro.
O profissional explica que tons escuros possuem maior personalidade. “Fugir da paleta de cores claras é sair do clássico, é inovar. O branco e o bege são impossíveis de errar, já a utilização de cores escuras tem que ser bem pensada e planejada para que valorize o ambiente”.
As paredes do living e office receberam revestimento de madeira, que possui sofisticação e deixa o ambiente mais sóbrio. Para que o espaço não ficasse carregado, Lopes fez a utilização de mobiliário claro para a harmonização dos tons. “Acessórios e mobiliário em tons mais claros ajudam a balancear o ambiente. A utilização de peças coloridas também cria contraste. Desta forma, apostamos em peças com cores mais claras e quadros com cores vibrantes”.
A utilização da madeira como revestimento também trouxe contemporaneidade e autonomia ao espaço. O profissional explica que fez a utilização de um dos recursos mais populares para criar uma atmosfera aconchegante. “A madeira é um material tradicional e que pode ser utilizado de inúmeras maneiras. O revestimento no tom escuro cria um ambiente sofisticado e moderno, sem fugir das linhas clássicas”, comenta Lopes.
Dentre os objetos e mobiliário que ajudam a compor o ambiente, está o sofá na cor prata, mesas em vidro, abajures na cor branca, além de obras de arte e quadros com cores mais quentes que criam contraste.
No officce, o arquiteto ainda utilizou a cor chumbo, que reforça a elegância e sofisticação do espaço, harmonizando perfeitamento com o tom escuro da madeira. A sobriedade dos ambientes é balanceada com o uso estratégico de vegetação, que traz vivacidade aos espaços.

Sobre Marcelo Lopes - Formado em Arquitetura e Urbanismo em uma das mais conceituadas instituições do Oeste do Paraná, Marcelo Lopes apresenta em seus projetos, nas mais variadas áreas, sua essência inovadora e seu olhar sofisticado no que existe de melhor e de tecnologia em projetos arquitetônicos e de interiores.
Com participação constante nas principais mostras de arquitetura e decoração, entre elas a Casa Cor e a Mostra Artefacto, seus trabalhos são referência no Paraná, com uma grande quantidade de críticas positivas, sendo muitas vezes replicados nas principais revistas e cadernos de jornais do setor no estado.
Ambientes modernos, com estilo, sempre trazendo novidades e tendências, levando em conta as necessidades especificas de cada cliente, a praticidade, o bem-estar, a sofisticação, a tecnologia e principalmente a satisfação são alavancados como seus pontos fortes. Por conta disso, Marcelo Lopes é considerado o arquiteto revelação do Paraná, sendo o promissor na área de design de interiores na nova safra de arquitetos.

Foto: Marcelo Macelle Marcondes
Foto ambiente: Edison Garcia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.