Páginas

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Com a crise econômica, aumenta a procura por Cursos Técnicos na grande Curitiba















 Jovens buscam nos cursos técnicos solução para enfrentar a crise econômica


























Luiz Corrêa, diretor da unidade do Grau Técnico em Curitiba.






Os principais motivos são pelo crescimento da busca por profissionais com essa formação por meio da indústria e preocupação dos já empregados na atualização profissional durante a crise econômica. 

Instituições particulares, como o novo Grau Técnico, são as mais procuradas.

A busca por profissionais com formação técnica, principalmente pelas principais indústrias do País, vem crescendo nos últimos anos. Uma pesquisa realizada pela Page Personnel, um dos maiores players mundiais em recrutamento especializado, comprovou o aumento de 15% na procura por profissionais com esse tipo de formação no primeiro semestre deste ano, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Enquanto sobram candidatos com formação superior, faltam técnicos bem preparados e especializados. Segundo profissionais de recursos humanos e analistas econômicos, é preciso equilibrar esses dados para evitar que, com a crise econômica, desencadeie um declínio no setor industrial por falta de profissionais com formação qualificada.


Só em Curitiba e Região Metropolitana, por meio do Banco Nacional de Emprego, o BNE, estão abertas mais de 1154* vagas para profissionais em nível técnico, sendo 870* só na capital. A maioria na área de Segurança no Trabalho, Administração, Mecânica , Eletrotécnica e  Logística.
De olho nesse crescimento de vagas e pela grande demanda na procura de novos cursos, o Centro de Ensino Grau Técnico foi uma das grandes redes de escolas que apostaram este ano na região. “São grandes os números de vagas para profissionais com cursos técnicos em Curitiba e cidades próximas. Analisando esses dados e a alta procura pela profissionalização nessa modalidade, inauguramos no primeiro semestre deste ano uma unidade do nosso Centro de Ensino aqui, que já conta com 22 franquias espalhadas por todo o País. Segundo dados do Ministério da Educação e Cultura - MEC, em dois anos,  tivemos um crescimento acima de 100%  na procura deste  segmento de ensino em Curitiba e em toda a  Região  Metropolitana”, explica Jane Lopes Minamizawa, coordenadora pedagógica do Grau Técnico Curitiba.
A alta da procura também foi impulsionada pela crise econômica que o País enfrenta. Muitos estão procurando os cursos técnicos como forma de investimento com baixo custo para fortalecer a carreira. O jovem Anderson de Souza Rodrigues  (20 anos), funcionário de um grupo educacional, confiou na Instituição “ Quando percebi a crise econômica, procurei me especializar  tecnicamente pois só concluindo um Curso Técnico é que posso crescer e conseguir maiores oportunidade na Empresa em que trabalho.” Explica.

Para profissionais da carreira técnica, o momento não poderia ser melhor. Além da vantagem de chegar rápido e qualificado ao mercado de trabalho, as indústrias e empresas, com a crise, estão cortando cada vez mais profissionais com ensino superior e contratando os com ensino técnico. “A empregabilidade dos egressos da nossa instituição é de aproximadamente 90%. Com a crise, a procura por nossos cursos só cresceu, assim como as vagas também aumentaram. Acreditamos que a mão de obra técnica é uma das formas que favorece a economia na indústria, a qual passa por um período delicado” conclui Luiz Corrêa, diretor da unidade do Grau Técnico em Curitiba.

*Números da base do BNE de Curitiba, do dia 17 de setembro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.