Páginas

sábado, 18 de julho de 2015

Rodrigo Santoro posa para as lentes da Montblanc




 E diz por que aceitou ser Embaixador da Maison no Brasil: "É muito estimulante, para mim, poder apoiar o trabalho excepcional da Montblanc no campo das artes e da cultura". 



Internacionalmente reconhecido e com uma rotina bastante agitada por conta das filmagens para diversas produções de cinema e televisão, Rodrigo Santoro deverá ser visto em breve nas telas com uma sequência de filmes previstos para estrear entre o final deste ano e o início do ano que vem. Neles, o premiado ator brasileiro viverá papéis de destaque: "Os 33", ao lado de Juliette Binoche e Antônio Banderas; "Dominion", com John Malkovitch e Rys Ifans; "Jane got a gun", ao lado Natalie Portman; e a refilmagem de "Ben Hur", onde ele interpreta Jesus Cristo. Enquanto se prepara para iniciar as gravações "West World", novo seriado da HBO, Santoro aproveitou a passagem pelo Brasil para posar para as lentes  da Montblanc, por meio do fotógrafo Edu Mendes, e falar sobre as razões que o m otivaram a aceitar o posto de Embaixador da Maison no Brasil.       
"Fiquei muito feliz quando a Montblanc me perguntou se eu gostaria de fazer parte da sua família. Eu sempre admirei o que a marca representa e a qualidade e exclusividade dos produtos que eles criam", explica Santoro. Para Rodrigo, ser o Embaixador da Montblanc no Brasil representa uma oportunidade de conhecer de perto todo o processo de desenvolvimento de uma peça que passa por vários estágios e processos artesanais elaborados, transmitidos de pai para filho, por gerações, e vão dando vida aos produtos - seja um relógio, uma caneta ou os acessórios de couro. "Eu estou realmente curioso para conhecer os ateliês da Montblanc, em Hamburgo, a manufatura dos relógios na Suíça e a Pelleteria, em Florença. Acho fascina nte ver os produtos depois de concebidos ganharem vida nas mãos precisas de verdadeiros artesãos. Também é muito estimulante, para mim, poder apoiar o trabalho excepcional da Montblanc no campo das artes e da cultura".  
Além de criar coleções de tradição com qualidade, design e estilo que permitem com que as peças sejam verdadeiros companheiros de toda a vida, a Montblanc mantém um compromisso duradouro de incentivar a excelência por meio do avanço cultural, atividade que enxerga como uma obrigação especial de suas próprias raízes. A contribuição da Maison para a vida cultural moderna se expressa por meio do Montblanc de la Culture Award, que há mais de duas décadas premia personalidades que patrocinam programas culturais em onze países, com apoio financeiro para que eles possam continuar promovendo as artes e a cultura através de seus próprios projetos e fundações.  & nbsp;
"Eu compartilho do compromisso da Montblanc de apoiar as artes em todas as suas formas, e ajudá-las a prosperar. A Montblanc tem feito um trabalho fantástico ao longo dos anos ao apoiar artistas plásticos, músicos, dançarinos, diretores de teatro. Como Embaixador, quero trabalhar para estender esses programas aos artistas brasileiros", afirma Rodrigo Santoro.

ECCO PRESS
SÃO PAULO/SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.