Páginas

sábado, 20 de dezembro de 2014

Exagerou nas festas? Veja quais são os alimentos contra má digestão









Médica nutróloga dá dicas de como curar o desconforto alimentar após as festas

            Depois das ceias de natal e ano novo é muito comum a sensação de desconforto ocasionada pelo excesso de comida. Geralmente, a má digestão acontece quando se come alimentos gordurosos e fritos. Segundo a médica nutróloga Debora Froehner, diretora da clínica Nutrocare e  coordenadora clínica da terapia nutricional do Hospital do Idoso Zilda Arns, comer além do essencial faz mal à saúde pois ultrapassa a capacidade que temos para digerir os alimentos. Além disso, a gordura deixa a digestão ainda mais lenta, explica a médica. "O ideal em caso de má digestão é ingerir muito líquido, frutas, verduras e legumes", conclui.
            Confira abaixo a lista de alimentos que são aliados contra a má digestão, indicados pela Dra. Debora Froehner:

Brócolis: Apresenta substâncias que atuam no organismo como antioxidantes e na eliminação de substâncias tóxicas, como isotiocianatos, flavonoides, carotenoides e sulforafano. Este vegetal é excelente fonte de fibras e pode ser servido com saladas, carnes e arroz. A cada 100 gramas de brócolis temos 2,9 gramas de fibras!

Couve: Rica em fibras solúveis e insolúveis, é um grande aliado no processo digestivo. Estas folhas verdes contém flavonoides e carotenoides, antioxidantes que auxiliam nas funções normais das células. Também possui sulforafano, isotiocianato e indóis, substâncias anticancerígenas que atuam no fígado. 

Cenoura:  Este legume auxilia no sistema imunológico e também nas funções gastrointestinais por meio da vitamina C. Pode ser utilizado na preparação de carnes, risotos, saladas e sucos. Também é uma ótima fonte de fibra.

Gengibre: Esta planta pode ser utilizada para aliviar náuseas e dores abdominais, problemas que afetam o trato digestório. Além disso, o gengibre acelera o esvaziamento gástrico e melhora o funcionamento do intestino. A recomendação é de 2 a 4 gramas ao dia.

Chá verde: possui capacidade anti-mutagênica  e efeito antioxidante, o que garante proteção ao fígado. O recomendado é até 500 ml por dia (4-5 xícaras). Lembrando que não é indicado para lactantes e gestantes, pessoas com úlceras e gastrite, doenças renais, cardiovasculares e hipertireoidismo.

Ameixa: Utilizada como laxante natural, as ameixas possuem fenóis (ácido neoclorogênico e ácido clorogênico), importantes antioxidantes que auxiliam no funcionamento normal das células. Indicada para incluir em sobremesas, pois possui grande quantidade de fibras.

Abacaxi: Contêm uma potente enzima digestiva que auxilia na digestão de alimentos como carnes, por exemplo, que têm alto teor de proteínas. Esta fruta é conhecida por suas propriedades digestivas, além de possuir grandes quantidades de fibras solúveis. Consumir uma fatia de abacaxi é suficiente para ajudar na digestão de alimentos ricos em proteínas.

A nutróloga Debora Froehner também aconselha a ingerir sucos compostos de frutas, verduras e vegetais. Cenoura com limão ou laranja com agrião, por exemplo, ajudam a eliminar toxinas do organismo, afirma a médica.

Serviço:
Dra. Debora Froehner www.clinicanutrocare.com.br
Rua Bruno Filgueira, 369, cj 402 - Batel
Fone:  (41) 41 3618.7004 / 3618.7005 / 9821-7784

Fonte: Grupo Ideas Midia e Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.