Páginas

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Como lavar vestidos de festa





Tecidos delicados podem ser colocados na máquina?



Vestidos de festa ou peças de seda, por exemplo, merecem atenção redobrada na hora de lavar
               
É nítido: o dia a dia das pessoas está cada vez mais atribulado. Hoje é tudo muito rápido e prático o que gera pouco tempo para os afazeres domésticos. Dentro dessa realidade, na hora de lavar as roupas, o máximo que acontece é a separação das peças por cor, evitando o aparecimento de manchas. Entretanto, é preciso um cuidado mais minucioso quando se trata de tecidos delicados, pois qualquer descuido pode comprometer para sempre aquele vestido de festa, por exemplo.
Em geral, roupas de fibras sintéticas podem ser colocadas na máquina de lavar sem problemas, mas é preciso atenção redobrada ao lavar tecidos naturais, como seda, linho, lã e outras fibras delicadas como organza, viscose, tule e rendados. De acordo com Maria Alzira Linares, proprietária da franchising Lavasecco – lavanderia premium, máquinas convencionais podem danificar peças finas feitas desses tecidos. “A ação mecânica, grande volume de água e centrifugação alta, quebram as fibras têxteis, além de gerar rasgos, desfiados, perda e quebra das aplicações em geral das roupas”, explica.
Dependendo da peça e do tecido, é necessária uma limpeza totalmente manual com produtos específicos, os quais são fornecidos com exclusividade para empresas do segmento, ou seja, o consumidor não encontrará em supermercados. “Algumas manchas, como a de vinho, têm difícil remoção e o uso de alvejante pode comprometer o tecido. A Lavasecco possui removedores de manchas importados para cada tipo de situação”, afirma Maria Alzira.
Quando o tecido fino a ser lavado não soltar tinta, e as pedrarias aplicadas forem de vidro, ele pode ser limpo na lavagem a seco, pois resiste à ação do solvente. Se as aplicações forem de plástico e materiais que desbotam, os vestidos devem ser tratados no sistema Wet Cleaning, o qual envolve baixa ação mecânica, nível reduzido de água e produtos específicos para tecidos delicados. “Com essa nova tecnologia de limpeza a úmido, é possível lavar todos os tipos de roupas finas, inclusive com apliques e bordados, uma vez que a máquina possui programas específicos para cada tecido, sendo parametrizada em ação mecânica, dosagem de produtos e nível adequado de centrifugação”, explica a empresária da Lavasecco.
Depois de lavados no sistema correto, conforme tecido e detalhes, os vestidos de festa, por exemplo, devem ser guardados pendurados no cabide, sem o plástico que vem da lavanderia, e protegidos por uma capa de TNT. Segundo Maria Alzira, outra opção é dobrá-los e colocá-los em caixas, envolvidos em papel de seda, para protegê-los da incidência da luz, não ocorrendo assim o desbotamento da peça e manchas amareladas.

Sobre a Lavasecco:
Com 22 lojas pelo país, a Lavasecco Franchising foi fundada em abril de 2005 por empresários que atuavam no setor e pesquisaram novas técnicas internacionais para aprimorar o serviço. A Lavasecco se destaca no segmento de lavanderias domésticas pela tecnologia italiana de ponta das melhores máquinas mundiais e alta qualidade no atendimento ao cliente. Todo o conceito, layout e maquinário da Lavasecco foi desenvolvido para garantir excelência na limpeza e conservação de peças de vestuário, cama, mesa e banho. A empresa oferece ainda serviço de delivery gratuito e oficina de costura

Serviços:
Lavasecco Franchising
Lojas em São Paulo (SP), Cotia (SP), Santo André (SP), Belém (PA), Florianópolis (SC), Curitiba (PR), Londrina (PR) e Maringá (PR), em breve.
SAC: 0800 771 21 61

Fonte: BG Comunicação Dirigida
Foto: Gerson Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.