Páginas

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Mitos e verdades sobre dietas





Saiba quais as informações corretas para o emagrecimento saudável

            A busca pelo emagrecimento leva muitas pessoas a apelarem para dietas que prometem resultados rápidos, porém, muitas vezes não são aliadas à saúde. De acordo com a médica nutróloga Dra. Debora Froehner, da clínica Nutrocare, acreditar que o emagrecimento é proveniente somente de dietas é um grande mito. "Não existe um dia para começar uma dieta, mas sim, um momento para que se inicie uma reeducação dos hábitos alimentares. A reeducação é a forma mais saudável e eficaz de atingir metas reais de emagrecimento", afirma a médica.
            O plano de emagrecimento baseado na reeducação alimentar apresenta um cardápio balanceado, que leva a perda de peso e medidas sem comprometer o bom funcionamento do organismo. O objetivo é aprender que é possível comer de tudo, mas de forma equilibrada - um processo individual que precisa ser orientado por um profissão de nutrologia.
            Em contrapartida, os malefícios de dietas que prometem emagrecimento rápido são inúmeros. "Além de prejudicar seriamente a saúde pela carência de nutrientes, as dietas da moda geralmente levam ao efeito sanfona, o grande vilão para quem deseja emagrecer definitivamente e não somente por um momento. É absurdo pensar que dietas que prometem menos 10 kg em 7 dias serão saudáveis e eficazes", salienta Dra. Debora Froehner.
            Segundo a nutróloga, existem cinco tópicos principais que confirmam que a reeducação e acompanhamento alimentar são a melhor opção para o emagrecimento real e com saúde:
• Coma com qualidade: dê preferência a alimentos não industrializados. Faça um prato colorido, compondo a alimentação com vários tipos de alimentos;
• Alimente-se a cada três horas: isso acelera o metabolismo e evita a vontade exagerada de comer nas próximas refeições;
• Fique atento à mastigação: todos os alimentos devem ser bem mastigados. Não existe regra quanto ao números de vezes que se deve mastigar, a questão está na consistência do que é ingerido. Por exemplo, a deglutição de um alimento sólido deve ser na consistência pastosa, pois nossos estômagos não têm dentes;
• Hidratar é preciso: principalmente na época de frio temos o mau hábito de esquecer da hidratação. Mas água é sempre fundamental. O centro regulador da sede no nosso cérebro é próximo ao da fome e por isso algumas vezes confundimos as necessidades e acabamos comendo mais.  Boca seca e urina muito escura podem ser sinais de má hidratação;
• Exercícios físicos diários: além da redução de peso, o exercício físico mantém o corpo saudável e a mente sã.

Serviço:
Dra. Debora Froehner | www.nutrocare.com.br
Avenida Presidente Affonso Camargo, 1399 - Sala 711
(41) 3087-7761 / 3087-7759

Fonte: Grupo Ideas Midia e Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.