Páginas

terça-feira, 13 de maio de 2014

Princesas inspiram projeto de quarto para um bebê menina





Ambiente criado pela EFTM Arquitetura busca aliar beleza e romantismo à praticidade e funcionalidade

Projetar o quarto do bebê não é uma tarefa tão fácil quanto parece. Alguns cuidados devem ser tomados para que o espaço seja não só bonito, mas leve também em consideração questões como a funcionalidade, a praticidade e a segurança. Foi pensando nisso que as arquitetas Erika Fukunishi e Thalita Miyawaki, da EFTM Arquitetura, elaboraram o projeto do quarto “O Reino da Princesa”, um dos 14 ambientes da mostra Casa Baby Dreams, inaugurada no dia 07 de maio na loja Baby Dreams, em Curitiba (PR).
O ambiente foi projetado para atender perfeitamente as exigências de uma mãe dentro da metragem quadrada disponível para o projeto. “Para melhores resultados é fundamental, ao realizar um projeto, levar em conta toda a movimentação que irá acontecer no cômodo, com o deslocamento de carrinhos e do berço. O conforto da mãe e do bebê deve sempre estar em pauta. Procuramos levar isso em conta quando pensamos neste projeto”, afirma Erika.
Denominado “O Reino da Princesa”, o quarto utiliza o mobiliário da linha Toulon, da Sleeper, e tem como grande destaque o berço coberto com um delicado dossel. “Sempre pensando na praticidade do ambiente, mas sem perder o charme e a elegância da princesa, projetamos uma cama de apoio e uma cômoda, que seguem o alinhamento do berço no quarto”, explicam as profissionais.
O papel de parede floral ressalta ainda mais a delicadeza da decoração, que conta também com ursos com coroas e quadros relacionados ao tema princesa. Para completar, um projeto especial de forro e iluminação. “Criamos um rasgo iluminado revestido de papel de parede floral, integrando forro de dry wall e parede de marcenaria. Para dar continuidade ao desenho do forro, optamos por painéis em branco texturizado Masisa Blanche, promovendo acabamento similar ao tecido e um toque de inovação”, acrescentam as arquitetas.
Segundo Thalita, a iluminação do quarto do bebê deve ser focada em espaços como o de troca de fraldas. “As áreas de amamentação e de dormir precisam apenas de uma iluminação suave e indireta. Com o forro do projeto conseguimos criar esse efeito”, ensina. Outro ponto considerado pelas arquitetas no projeto foi a manutenção. “A decoração do quarto necessita ser fácil de limpar. Isso vai desde a escolha de revestimentos, itens do mobiliário, papéis de parede e até brinquedos. O mais indicado é selecionar itens que não juntam pó facilmente e sejam antialérgicos”, completam.

Sobre a EFTM Arquitetura:
Em 2013, as arquitetas Erika Fukunishi e Thalita Miyawaki se uniram e fundaram a EFTM Arquitetura, escritório especializado em projetos de urbanismo, interiores e arquitetônicos. Jovens e cheias de ideais as duas buscam atenção aos detalhes e desejos dos clientes para oferecer projetos funcionais, personalizados e agradáveis visualmente. Erika Fukunishi está formada desde 2010 pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná no curso de Arquitetura e Urbanismo e é especialista em Construções Sustentáveis pela Universidade Tecnológica do Paraná. Thalita Miyawaki, também formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná no curso de Arquitetura e Urbanismo, desde 2001, é especialista em Gestão Técnica do Meio Urbano pela mesma universidade.

Serviço:
EFTM Arquitetura
Rua Professor Paulo D’Assumpção, 132, Jardim das Américas - Curitiba (PR)

Fonte: BG Comunicação Dirigida
Foto: Marcelo Stammer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.