Páginas

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Projetando Garagens






Muito mais do que o refúgio do seu carro


Além de ter espaço suficiente para acomodar os automóveis, as garagens devem contar com piso, iluminação e ventilação adequadas para o ambiente

Capacidade para um, dois ou três carros. Normalmente é essa a preocupação do morador quando o assunto é garagem. Porém, este ambiente quando projetado, deve atender a uma série de exigências para que seja prático, funcional e seguro no dia a dia.

O primeiro ponto a ser considerado é o tamanho da garagem. Segundo o arquiteto Luiz Maganhoto, a dimensão ideal para uma vaga de estacionamento é de é de 3x5 metros, em um total de 15 metros quadrados, com um pé direito de no mínimo 2,10 metros. “Além dessa metragem é preciso considerar uma área para que a garagem comporte o carro e ainda disponha de espaço para manobras e circulação de pessoas, assim como a carga e descarga de passageiros e objetos”, conclui.

Com relação a escolha do piso, é preferível optar por peças de fácil manutenção. Aquelas que não permitem a absorção de manchas de óleo, marcas de borracha dos pneus e ao mesmo tempo sejam antiderrapantes para evitar acidentes. Segundo o designer Daniel Casagrande, existem porcelanatos antiderrapantes com diversas padronagens específicas para esta área. “Outro tipo de piso que vem sendo utilizado com frequência é a resina de poliuretano, que dá um aspecto aconchegante e personalizado, devido à quantidade de cores e composições, além de ter fácil manutenção”, explica o designer.

Na parte de iluminação, sensores de presença facilitam a visibilidade do motorista, que não precisa sair do carro para acionar os interruptores. Além disso, esse sistema é sustentável, pois garante economia energética, tendo em vista que só acende as luzes quando há alguém no local. Outro detalhe importante é a disposição das luminárias ao longo da garagem. “A distribuição do sistema de iluminação deve ser feita de acordo como o veículo é estacionado. Prever pontos de luz entre os veículos, ou entre os veículos e as paredes é a melhor opção, pois o usuário consegue acessar as portas de circulação com mais facilidade”, diz Luiz.

Finalmente, no quesito segurança deve-se ter sempre um acesso à ventilação em garagens fechadas. Janelas e elementos vazados garantem a expulsão do monóxido de carbono, substância que em grandes quantidades pode ser mortal para seres humanos e animais. “Instalar torneiras, ponto de aspiração central, grelha de captação de água pluvial, tomadas e ter a mão um extintor de incêndio também é importante em garagens”, finaliza Daniel.

Sobre Maganhoto e Casagrande Arquitetos Associados:
O arquiteto Luiz Maganhoto e o designer de interiores Daniel Casagrande estão a frente do escritório Maganhoto e Casagrande Arquitetura, que por cinco anos consecutivos esteve em primeiro lugar na premiação TOP 100 Kaza Paraná, uma homenagem aos arquitetos e designers mais atuantes e influentes em todo o território nacional. Os profissionais acumulam troféus e projetos notáveis e dentre seus feitos estão 450 clínicas espalhadas pelo mundo, além de inúmeros projetos residenciais.

Serviço:
Maganhoto e Casagrande Arquitetura
Rua Dr. Ney Leprevost, 241 – Curitiba

Fonte: BG Comunicação Dirigida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.