Páginas

quarta-feira, 26 de março de 2014

ES Em Cena no Fringe abre mostra com a peça "O Pastelão e a Torta"






Cia Folgazões abre a mostra capixaba no Fringe


“O Pastelão e a Torta”, inspirado na CommédiaDell’Arte abre a Es Em Cena, que estreia no Fringe com cinco espetáculo gratuitos

             
   Cia Folgazões abre  a primeira edição da “ES Em Cena” no Fringe com a peça “O Pastelão e a Torta”. O espetáculo capixaba, que bebe na fonte da commediadell'arte tem apresentação gratuita no dia 26 de março, na Sala Londrina, Memorial de Curitiba.
            Uma farsa medieval, a montagem narra aventuras e desventuras de dois mendigos, Julião e Balandrot, em busca de um suculento pastel e de uma apetitosa torta que são vistos na janela do casal de pasteleiros, Joaquim e Marieta.
            A Cia Folgazões, formada pelos atores Duílio Kuster, WyllerVillaças e Foca Magalhães e pelas atrizes GeruzaVergna e Vanessa Darmani busca o diálogo entre as linguagens da música, da dança e da arte popular.  pesquisando as tradições culturais brasileiras em especial do universo plural capixaba. E procura para isso, sempre que possível, utilizar espaços não convencionais para  suas encenações, que aproximem e possibilitem a relação ator/espectador.     
Esteticamente, “O Pastelão e a Torta” é uma fusão de várias linguagens que estão presentes no processo de pesquisa e treinamento permanentes dos integrantes da companhia, como a comicidade, a música e o teatro popular. Esta montagem já foi encenada e representou o Brasil em festivais internacionais como Festival Latino Americano de Teatro realizado na Colômbia.
commediadell'arte começou na Itália, uma forma de teatro popular improvisado, caracterizado pelas apresentações em espaços públicos. Quando chegava numa cidade nova, o grupo pedia autorização para se apresentar em suas carroças ou em pequenos palcos improvisados.

O Grupo
A Companhia de Artes Cênicas Folgazões estreou seu primeiro trabalho, o espetáculo “Cantantes e Brincantes”, em 2007, em  Vitória (ES). Consolidou-se em um núcleo que resolveu fundar um grupo. Em janeiro de 2013, a Folgazões comprou a sua sede própria, localizada no Centro Histórico de Vitória, ao lado da Praça do Palácio Anchieta - sede oficial do Governo do Estado. Um fato histórico importante é que nesta localidade foram realizadas as primeiras encenações teatrais capixabas, ainda no século XVI, organizadas pelo padre jesuíta José de Anchieta, no adro da Igreja de São Tiago, onde é hoje o Palácio do Governo.
O grupo procura desenvolver uma estética teatral a partir da pesquisa de um teatro popular, acessível a qualquer público (independente de sua faixa etária e/ou nível socioeconômico); em pesquisa sobre as diferentes formas de comicidade; na preferência pela rua enquanto espaço de encenação; e em investigar e refletir sobre as tradições culturais brasileiras.

Ficha Técnica
Direção: Folgazões Companhia de Artes Cênicas

Elenco
ElenDuílioKuster
Foca Magalhães
Vanessa Darmani
WyllerVillaças
Duração: 55 min
Classificação: Livre
Gênero: Farsa


Serviço
Dia: 26/03, às 20h.
Onde: Sala Londrina (R. Dr. Claudino, 79 - Memorial de Curitiba)
Quanto: Entrada franca
Informações:


“ES EM CENA”

26 (qua): O Pastelão e a Torta (Cia Folgazões)
27 (qui): Insone (Grupo Z)
28 (sex): Estórias de um povo de lá (Grupo Gota, pó e poeira)
29 (sab): Bernarda, por detrás das paredes (Cia Repertório)
30 (dom): Mefisto (Cia Teatro Urgente)


De 26 a 30 de março, às 20h. Entrada franca

Sala Londrina (R. Dr. Claudino, 79 – Memorial de Curitiba)

Fonte: Samira Chami 
Jornalismo e Produção Cultural


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.