Páginas

terça-feira, 25 de março de 2014

A versátil Madame Morena


 Francisnei Reis e Francine Franceschi



Francisnei e Francine Franceschi 


            Se um detalhe faz toda a diferença na composição de um look, a marca curitibana de acessórios Madame Morena segue à risca essa filosofia.
Criadas pelas antenadas irmãs Francine Reis Franceschi e Francesnei Reis as peças que compõem a coleção são inspiradas no melhor das passarelas de Milão, Nova York, SPFW e Fashion Rio e desenvolvidas com o maior carinho seguindo as preferências das sócias. Lançada em 2007 e famosa entre as curitibanas mais ligadas no mundo da moda, desde dezembro de 2013 a marca conta com sua primeira loja física, localizada na Avenida do Batel.
A Madame Morena é inspirada no estilo único das gêmeas, que convivem com o gosto pela moda desde cedo. “Nós tínhamos a vantagem de, além de sermos gêmeas, poder dividir o mesmo guarda roupa. Então a variedade de roupas e acessórios era bastante grande, e isso nos possibilitava formar looks diferentes. Chamávamos a atenção das nossas amigas, que pediam nossas opiniões para se vestir. Com o passar do tempo, isso ganhou força começamos a levar a sério esse hobby e, ao ponto que íamos nos aprofundando nesse mundo mágico da moda, nos tornamos fãs de acessórios, porque percebíamos a facilidade de compor vários looks com a mesma roupa mudando apenas ele”, contam.

            As peças são voltadas para mulheres que têm uma pitada de ousadia, são clássicas e elegantes mesmo com estilo mais básico. Parte da coleção é criada pelas próprias sócias a partir de pesquisas, o que imprime ainda mais a marca pessoal. Na loja, as clientes encontram pulseiras, colares, anéis e brincos dos mais variados estilos, inspirados em grandes grifes.

            A Madame Morena está localizada na Avenida do Batel, 1230, loja 5, Curitiba. As peças também estão no Facebook da marca: Madame Morena.
Horários de atendimento: segunda a sexta 10h às 18h e sábados mediante o agendamento. 

Fonte: Leo Tramontin
Assessoria Criativa
Foto: Adalberto Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada,por nos deixar sua opinião.